Encontros ampliam apoio ao consumo na 2ª metade da Semana do Pescado

Encontros ampliam apoio ao consumo na 2ª metade da Semana do Pescado

16 de setembro de 2019

A segunda metade da 16ª edição da Semana do Pescado ficou marcada, além das promoções no varejo, por uma série de ações realizadas com o intuito de incentivar a comercialização de todos os itens de pescado (peixes, moluscos e crustáceos) no varejo e food service, como o evento que reuniu autoridades do setor na Ceagesp e uma oficina gastronômica liderada pela chef Dayse Paparotto, vencedora da primeira edição do Masterchef Profissionais.

Na última quarta-feira, o entreposto de Ceagesp em São Paulo recebeu a Jornada Gastronômica, um encontro que reuniu personalidades em torno da temática da semana no Pescado, como o Secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Jr, o diretor presidente da Ceagesp, Johnni Hunter, Roberto Imai, diretor adjunto do Departamento de Agronegócios da Fiesp e fundador do Instituto ProPescado, responsável pela Semana do Pescado, e o presidente da Abipesca, Eduardo Lobo, além da equipe de imprensa e profissionais do setor de comercialização da pesca.

Dois dias depois, na sexta-feira, a sede da Abrasel em São Paulo, foi palco de ação em que Dayse Pararotto, apoiada por outros chefs, preparou pratos que levam pescado, como ceviche e moqueca, também ensinando receitas, dando dicas e confraternizando com o público presente e que incluiu lideranças do setor de pecado e influenciadores digitais.

Também nos últimos dias, a capital paulista ainda recebeu, na sede da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), o seminário "Regulamentação Sanitária Sob a Ótica Jurídica", com uma abordagem sobre a temática em congruência com a Semana do Pescado. 

No interior paulista, em Pirassununga, em outra ação que envolveu a FMVZ da USP, foi realizada a palestra "Bem-Estar na Produção de Peixes", realizada por Sheyla Vargas Baldi, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento e Gerente de Aquacultura na empresa Agertek.

Já em Santos, o Instituto de Pesca realizou a Oficina Gastronômica sobre PENACOS, com o público participando de uma aula-show com chefs renomados da região, seguida por uma degustação de alguns pratos utilizando espécies não convencionais de pescado. Além disso, promoveu uma oficina de origami no Museu do Instituto de Pesca voltada para crianças, que ajudaram a montar um “Painel da Semana do Pescado”.

Em Santa Catarina, na cidade de Laguna, foi realizada uma palestra para os colaboradores do restaurante Atlantico Sul com o tema “Boas Práticas de Manipulação em Serviços de Alimentação". O propósito dessa palestra foi passar informações desde a análise sensorial do pescado, identificando possíveis fraudes, contaminações e outros sinais de deteriorização. Além disso, foi abordado a importância dos cuidados básicos de higiene do manipulador e as corretas manipulações com o pescado. Outro assunto abordado foi o uso de pescado locais nos pratos ofertados.

Também em solo catarinense, a 20ª Fenaostra, em Florianópolis, contou com shows, seminários de maricultura, gastronomia, concursos e apresentações culturais, além de um seminário técnico em que foram apresentadas novidades na área de pesquisa para o setor.

Em Porto Alegre, o Criativos Compulsivos, um espaço de coworking, recebeu dois eventos sobre pescados. O Peix)aria Desafio Gastronômico Universitário apresentou receitas de pescado com ingredientes típicos, enquanto o PeiX)aria Evento Gastronômico – Criatividade Experimental propôs uma atmosfera de desenvolvimento criativo em todas as frentes necessárias para a experimentação gastronômica. 



 

NOTÍCIAS

 

 

Desenvolvido por Br3 comunicação.