top of page
Buscar
  • Foto do escritorSemana do Pescado

Camarão no Cerrado: Conheça fazenda em Pirenópolis que investiu cerca de R$ 2 milhões na produção do crustáceo

Segundo engenheiro agrônomo responsável, meta é abastecer o mercado local e regional. Investimento incluiu construção de tanques e berçários, além da montagem de um laboratório para análises da água.


Uma fazenda investiu cerca de R$ 2 milhões na produção de camarão cinza em Pirenópolis, no Entorno do Distrito Federal. Em pleno Cerrado, Gabriel Massieux montou uma estrutura completa para a criação dos crustáceos em cativeiro na fazenda da família.


“A ideia é fornecer um camarão fresco e com padrão para o mercado goiano. A gente tem ideia de começar primeiro em Pirenópolis e depois expandir pelo estado”, disse Gabriel.


O engenheiro contou que o investimento incluiu a construção de tanques e berçários, além da montagem de um laboratório para análises diárias da água. Atualmente, a estrutura tem capacidade para gerar até uma tonelada e meia de camarão por mês.


Conheça fazenda em Pirenópolis que investiu cerca de R$ 2 milhões na produção de camarão — Foto: Reprodução/TV Anhanguera


Gabriel Massieux explicou que o processo de liberação ambiental e construção teve início no final de 2020. Ao todo, foram quase 4 anos de preparo.


Os crustáceos vêm de um laboratório especializado no Rio Grande do Norte. A meta do produtor é abastecer o mercado local e regional, começando por cidades como Pirenópolis, Anápolis e Goiânia.


Com o espaço para o abate, processamento e congelamento em fase final de construção, a expectativa é que a iniciativa impulsione a indústria de produção de camarão no centro do país em até quatro meses.


Conheça fazenda em Pirenópolis que investiu cerca de R$ 2 milhões na produção de camarão — Foto: Reprodução/TV Anhanguera


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page