top of page
Buscar
  • Foto do escritorSemana do Pescado

Fider Pescados mira crescimento das exportações de tilápia para os Estados Unidos



País responsável por 81% da importação de peixes de cultivo do Brasil – especialmente tilápia –, os Estados Unidos têm potencial para multiplicar várias vezes as compras, o que atrai a atenção de empresas nacionais, como a Fider Pescados, de Rifaina (SP), o maior empreendimento de produção de tilápia do Estado de São Paulo e um dos cinco maiores do Brasil.


“Os norte-americanos consomem quatro vezes mais tilápia que os brasileiros. Como a produção local não atende à demanda, há imensas oportunidades para nós. Porém, esse mercado gigante ainda é pouco explorado devido ao nosso custo de produção. Enquanto isso, a China lidera as vendas e outros países da América Latina, como Colômbia e Costa Rica, também têm importante participação nos EUA. Porém, o potencial para o Brasil crescer lá permanece imenso”, assinala Juliano Kubitza, gerente responsável pela Fider, empresa que produz 9,6 mil toneladas de tilápia por ano e já está presente em sete países (Estados Unidos, Canadá, Taiwan, Venezuela, Bangladesh, Sri Lanka e Indonésia).


Entre os diferenciais da Fider para crescer no mercado norte-americano está a logística. “Conseguimos entrega tilápia fresca nas principais praças dos EUA em até 24 horas. Esse é um ingrediente muito importante para fortalecer a presença nesse país. Nossa qualidade já é reconhecida”, ressalta Kubitza. “O Estados Unidos é um mercado consumidor muito grande. Porém, apenas 3% da tilápia consumida lá é brasileira”.


As exportações da tilápia representaram 98% do total da piscicultura brasileira em 2022, somando US$ 23,3 milhões, de acordo com o Anuário da Piscicultura da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR). Os números ainda são modestos, porém em crescimento. No ano passado, a comercialização externa saltou 15% em receita. Mais do que isso, chegou a mais de 40 países, confirmando a aceitação pelo produto brasileiro”.


O potencial de presença da tilápia brasileira não se reduz aos EUA. É o que comprovou Juliano Kubitza em visita à Seafood Expo, em Boston – a maior exposição de pescado da América do Norte, realizada em março.


“A Seafood Expo é um bom exemplo de como a exposição do pescado nacional em feiras com participantes de todos os continentes é benéfica para a piscicultura brasileira. Estamos construindo nossa credibilidade internacional, mostrando a qualidade e diversidade de produtos que podemos oferecer. Certamente, cresceremos muito nos próximos anos”, diz o responsável pela Fider Pescados.


Presente há 13 anos em Rifaina (SP), a Fider já investiu mais de R$ 200 milhões no seu complexo de produção e processamento de tilápia, incluindo fábrica de farinhas e óleos. A empresa gera 550 empregos diretos e mais de 2.500 indiretos em Rifaina e nas cidades vizinhas.

Fonte: Assessoria

2 visualizações0 comentário

留言


bottom of page