top of page
Buscar
  • Foto do escritorSemana do Pescado

Pescadores e marisqueiras receberão apoio durante o Defeso do Camarão

Medida visa garantir proteger os organismos aquáticos durante suas fases mais críticas


Defeso do camarão começa dia 28 de janeiro

Foto: Douglas Smmithy


Macaé - No próximo dia 28 de janeiro, terá início o período crucial para a preservação dos recursos aquáticos da região: o Defeso do Camarão. Esta medida visa proteger a reprodução e o recrutamento desta espécie tão significativa para a comunidade local. Durante os três meses de proibição da pesca por arrasto com tração motorizada, os pescadores e marisqueiras contarão com um suporte financeiro mensal, resultado de um cadastro específico realizado para esse fim, conforme planejamento da Secretaria Municipal Adjunta de Pesca e Aquicultura.


Os pescadores e marisqueiras, principais protagonistas desse período, foram convocados a realizar um cadastro que possibilitará o recebimento de um salário mensal durante a proibição da pesca do crustáceo. A Secretaria Municipal Adjunta de Pesca e Aquicultura tem se empenhado para garantir o bem-estar desses profissionais e a sustentabilidade dos recursos marinhos.


Durante o Defeso, que se estende até 30 de abril, a pesca do camarão-branco é permitida, desde que não seja realizada por arrasto com tração motorizada. Este período visa resguardar os organismos aquáticos, interrompendo temporariamente a pesca para preservação da espécie, especialmente durante suas fases críticas de reprodução e crescimento. Vale ressaltar que quem não compareceu ao cadastro específico ficará no cadastro reserva.


A participação ativa dos pescadores e marisqueiras é essencial para o sucesso desta iniciativa. Aqueles que não se cadastraram dentro do prazo estabelecido ficarão na lista de espera, demonstrando a importância do engajamento de todos no processo. Durante o Defeso, a pesca desrespeitando a Instrução Normativa Ibama nº189/2008 configura crime ambiental. Os infratores estarão sujeitos a multas, cujo valor varia conforme a quantidade de camarão, além da apreensão dos equipamentos de pesca.


A conscientização sobre a importância desse período é fundamental para a preservação dos recursos aquáticos da região. Os camarões mais comuns na região, como Santana, Barba Russa e Sete Barbas, são alvos específicos do Defeso. Esta medida visa garantir a sustentabilidade do uso dos estoques pesqueiros, protegendo os organismos aquáticos durante suas fases mais críticas. Para mais informações, a Secretaria de Pesca está à disposição na Avenida Presidente Feliciano Sodré, 534, Centro, no Mercado Municipal de Peixes.



1 visualização0 comentário
bottom of page