top of page
Buscar
  • Foto do escritorSemana do Pescado

Rondônia e Costa do Marfim estreitam laços para intercâmbio em recursos animais e pescados

O acordo impulsiona o intercâmbio econômico entre as regiões, e fortalece os laços culturais e ambientais

Texto: Isadora Estolano Fotos: Marcos Antônio Secom - Governo de Rondônia

Assinatura do Memorando de Entendimento, entre Rondônia e República da Costa do Marfim

Com o objetivo de promover o intercâmbio de boas práticas em recursos animais e pescados, concentrando esforços no desenvolvimento do peixe Tambaqui, nativo da região Norte do Brasil, o Governo de Rondônia, em parceria com a República da Costa do Marfim oficializaram na quinta-feira (2), o ‘Memorando de Entendimento’ durante cerimônia, na Embaixada da Costa do Marfim, em Brasília.


As negociações para o memorando foram conduzidas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), através da Invest Rondônia, iniciadas em março de 2023, e foram impulsionadas pelo Rondônia Day Brasília, em março de 2024, sediado na embaixada, fortalecendo os vínculos entre as economias rondoniense e marfinense. Além da troca de boas práticas, o documento prevê a promoção de intercâmbio comercial por meio de missões empresariais e compartilhamento de informações estratégicas para exportação e importação de produtos.


Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha o acordo reflete as ações e investimentos do Estado para o desenvolvimento sustentável e ampliação das oportunidades para população. A colaboração entre Rondônia e Costa do Marfim abrirá novos caminhos para aprimorar as práticas e fortalecer o mercado de pescados.



Boas práticas do pescado de Rondônia são reconhecidas durante evento

De acordo com o secretário da Sedec, Sérgio Gonçalves, a oficialização da parceria é importante para o desenvolvimento regional. “É um avanço significativo para produção e comercialização do Tambaqui, um peixe que parte da nossa cultura, e, também sustenta muitas famílias em Rondônia. Com o apoio da Costa do Marfim, estamos confiantes em aprimorar as práticas e expandir o mercado”, destacou.


MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

O documento entra em vigor imediatamente, e prevê reuniões regulares para acompanhamento e avaliação das ações previstas, que englobam programações comerciais nas duas regiões. O acordo, além de impulsionar o intercâmbio econômico entre as regiões, também fortalece os laços culturais e ambientais, reforçando o compromisso mútuo com o desenvolvimento sustentável.


A coordenadora de Atração de Investimentos, Kivia Vilarim falou do horizonte promissor para o setor. “A assinatura do memorando representa o fortalecimento da economia do Estado, através da abertura de novos mercados para produção local, especialmente para os produtores de Tambaqui. Estamos dedicados para ampliação de mercados existentes e abertura de novas possibilidades de comercialização. Rondônia já vem alimentando o mundo, estamos trabalhando para que nossa produção chegue ainda mais longe”, afirmou.


Participaram do evento, as autoridades marfinenses; ministro dos Recursos Animais e Haliêuticos da República da Costa do Marfim, Sidi Tiemoko Touré; embaixador da Costa do Marfim no Brasil, Diamouténé Alassane Zié. O Governo Federal brasileiro esteve representado por autoridades como o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos  (Apex Brasil), Jorge Viana; diretor-geral da Agência Brasileira de Cooperação (ABC/Itamaraty), Ruy Carlos Pereira; além de embaixadores de outras nações africana.


0 visualização0 comentário

留言


bottom of page